A virtude da esperança toma corpo no contexto regional onde o índice de saneamento básico aponta que apenas 5% do esgoto é tratado. Dado que torna ainda mais relevante pelo fato da Ir. Filomena Lopes Filha, membro da Instituição, ter “perdido” a vida. Atenta a essa questão, o IESA instituiu que todo o esgoto sanitário gerado pela população a ele inerente, seja devidamente tratado antes de ser descartado.

De igual maneira, motivada pela mística franciscana, a Instituição se esforça em equalizar a área construída ao espaço verde – lugar de encontro e de comunhão, capaz de promover a cultura da paz e da fraternidade.

Todos os direitos reservados | Criação de Site